Manuel de Freitas, Pedacinhos de Ossos, Lisboa: Averno, 2012

Comentários